A Plena Confiança e Dependência do Senhor

praying_with_awe.jpgMas eu esperarei continuamente, e te louvarei cada vez mais.
A minha boca manifestará a tua justiça e a tua salvação todo o dia, pois não conheço o número delas.

Sairei na força do Senhor DEUS, farei menção da tua justiça, e só dela.   [Salmo 71:14-16]

O salmo setenta e um é daqueles que, ao adentrarmos à sua leitura e meditação, nos eleva o espírito e renova-nos as forças.

Ele começa como uma afirmação convicta, tanto de determinação, quanto de temor.

Sua determinação é demonstrada na expressão “em tí, Senhor, confio”. Por outro lado, externa temor de que algum dia possa ser confundido e levado a deixar essa confiança e, assim, roga: “Nunca seja eu confundido”.

Este mundo está cheio de adversários e adversidades. Em todas as áreas de nosso viver levantam-se empecilhos. Nada é de graça, nada é sem luta e sem resistência.

Quando não temos lutas externas nos deparamos com as internas. Por isso, o salmista, além de afirmar “em ti confio”, demonstrando que não teme as adversidades externas, roga “nunca seja EU confundido”, entregando a luta interna ao Senhor, dobrando sua alma, o seu eu, àquele que pode livrar-nos até de nós mesmos.

Tal posição do servo de Deus não é atoa. Tem sua razão de ser demonstrada em seu comportamento ante aos adversários e suas investidas.

Seu “segredo” é demonstrado no versículo treze, quando diz “Mas eu esperarei continuamente, e te louvarei cada vez mais”. Ou seja, quando da constatação de forças contrárias se lhe opondo, de inimigos atuando, de perdas e sofrimentos, ou ameaça destes, ele não se entrega ao desânimo, não murmura, não busca outro socorro em caminhos estranhos aos do Senhor. Mas, mostra-se intransigente, inflexível e convicto no princípio que rege a sua vida: Esperarei continuamente e louvando ainda mais ao Senhor, não obstante a situação adversa.

Acaso seria o salmista um homem que não tem as mesmas emoções e sentimento que eu e você? Não!! Todos, inclusive Elias que fez descer fogo do céu, estão sujeitos às mesmas tribulações e sentimentos.

Ele, porém, observava que a justiça e a salvação de Deus é sem limites (não sei o número delas).

Assim, após contemplar e meditar nas circunstâncias e adversários reais e presentes em seu viver, ele decide: “Sairei na força do Senhor DEUS, farei menção da tua justiça, e só dela”.

Bendita confiança que só o Santo Espírito nos transmite. Primeiro ele diz “sairei”, porque a estratégia do inimigo é nos manter acuados, evitando a batalha que ele sabe que perderá porque o servo do Senhor, quando sai, não sai em sua própria força.

O elemento da confiança expressa no salmo decorre do conhecimento da justiça de Deus. Aqui, justiça não é apenas o julgamento das coisas e situações, mas o quanto Ele nos supre de condições para vencer, pela confiança nEle (A justiça obtida pelo sacrifício de Cristo). Por isso “farei menção dela somente dela”, ou seja, não farei menção de apoio dos amigos (importante mas não definitivo), dos atributos que possuo, do conhecimento, do dinheiro, etc.

Portanto, caro amigo leitor, levantemo-nos e saiamos dessa posição de encurralado, de intimidado e declaremos fortemente “sairei na força do Senhor e confiante somente na sua justiça (O sacrifício de Cristo) para me livrar dos inimigos externos e internos.

Nessa justiça, esperemos continuamente e louvemos ainda mais ao Senhor. Aleluia!!!

Haga de HaroldoF. Haroldo de Sousa – Procurando ser achado Servo de Deus, Estudante das Escrituras, Coordenador e Professor da Escola Bíblica Dominical, Orientador no Curso de Teologia do IBE, Evangelista, Leitor dos Pensadores Clássicos e Contemporâneos,  Advogado, Pós-graduando em Filosofia.

3 pensamentos sobre “A Plena Confiança e Dependência do Senhor

  1. Pingback: A Plena Confiança e Dependência do Senhor | Bíblia e Atualidades

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s