Pequena Reflexão Sobre a Música Raridade

Lembremo-nos, inicialmente, que somos amados de Deus, mas todo e qualquer louvor por isso reside nEle mesmo. Além disso, seremos algo extraordinário, mas “…ainda não é manifestado o que havemos de ser [I Jo 3].

Consideremos, também, o que diz Isaias [29:9-12] sobre a possibilidade de pessoas tornarem-se “cegas” por causa do pecado e impossibilitadas de “ler o Livro”:

“Tardai, e maravilhai-vos, folgai, e clamai; bêbados estão, mas não de vinho, andam titubeando, mas não de bebida forte.

Porque o Senhor derramou sobre vós um espírito de profundo sono [consequência do pecado], e fechou os vossos olhos, vendou os profetas, e os vossos principais videntes.

 Por isso toda a visão vos é como as palavras de um livro selado que se dá ao que sabe ler, dizendo: Lê isto, peço-te; e ele dirá: Não posso, porque está selado.

Ou dá-se o livro ao que não sabe ler, dizendo: Lê isto, peço-te; e ele dirá: Não sei ler.”

Passemos à música, então: tirando-a-venda

Não consigo ir além do teu olhar / Tudo o que eu consigo é imaginar / A riqueza que existe dentro de você / O ouro eu consigo só admirar / Mas te olhando eu posso a Deus adorar / Sua alma é um bem que nunca envelhecerá

Até aqui, considerando que ela fosse cantada para um crente muito fiel, não deixaria de ser meia- verdade, mas peca no “louvor” ao ser humano. Em lugar algum da bíblia se achará isso. Ao contrário, muito ao contrário: a mensagem bíblica sempre mostra o homem carente da “complementação” divina em sua existência, e foi Jesus mesmo quem ensinou que bem aventurado é aquele que sente esta constante dependência.

O antropocentrismo (homem é o centro) é explícito nesta canção, como em quase todas essas músicas que têm pretensão ser louvor a Deus, mas não conseguem colocá-lo no centro (Teocentrismo).

Quando Paulo fala que temos um tesouro (Cristo resplandecendo em nós – 2 Co 4.6-7) ele diz que o vaso (eu, o indivíduo) é de barro porque a excelência do poder é de Deus, NÃO de nós.

O pecado não consegue esconder / A marca de Jesus que existe em você / O que você fez ou deixou de fazer / Não mudou o início, Deus escolheu você

Nessa parte, uma total apologia ao pecado. Um incentivo a pecar, dizendo que ele não tem consequência nenhuma. Como pode tal barbaridade? 

É como se não precisasse haver aversão nenhuma ao pecado.

A bíblia mostra, inúmeras vezes, que o pecado pode “não mudar o início”, mas muda o final.

Mesmo que possamos desfrutar sim da graça e perdão de Cristo, o preço foi gigante. A terra tremeu, o sol se escureceu pelo sofrimento e dor do Justo.

Paulo diz:  Éramos “mortos em nossos delitos e pecados” [Ef 2:1]

Olhemos o que o irmão do Senhor diz: “E salvai alguns com temor, arrebatando-os do fogo, odiando até a túnica manchada da carne”  [Jd 23]. Isso é ódio ao pecado!!

Como cantaremos uma insignificância do pecar?!!

Sua raridade não está naquilo que você possui / Ou que sabe fazer / Isso é mistério de Deus com Você

Como disse inicialmente, “somos realmente muito amados por Deus”, aqueles que aceitam seu sacrifício. Deus NÃO ama o pecador [Sl 11:5]!!

Ele nos amou primeiro porque, na sua presciência, soube que alguns de seus inimigos aceitariam seu perdão. Do contrário, não enviaria seu filho sem objetivo (Eleitos segundo a presciência de Deus Pai, em santificação do Espírito, para a obediência e aspersão do sangue de Jesus Cristo – I Pe 1:2)

Você é um espelho que reflete a imagem do Senhor

O texto bíblico [II Co 3:18] se refere a nós “refletindo como um espelho a GLÓRIA do Senhor” (Não a imagem) e traz como objetivo uma transformação contínua que, diga-se de passagem, é interrompida pelo pecado tão minimizado na letra da música.

Não chore se o mundo ainda não notou

Cristão “chorando porque o mundo AINDA não notou” que ele é precioso?

Olhem o que a bíblia diz em João 1:10 e 15:18-19:

“Estava no mundo, e o mundo foi feito por ele, e o mundo não o conheceu.”

“Se o mundo vos odeia, sabei que, primeiro do que a vós, me odiou a mim. Se vós fôsseis do mundo, o mundo amaria o que era seu, mas porque não sois do mundo, antes eu vos escolhi do mundo, por isso é que o mundo vos odeia.”

Dispensa comentários.

Já é o bastante Deus reconhecer o seu valor / Você é precioso, mais raro que o ouro puro de Ofir

Se alguém pretende ser mais precioso e raro que o ouro de Ofir, aguarde pela tribulação, cantando músicas que vituperam e contradizem a palavra de Deus.

Isaias 13:9-12:

“Eis que vem o dia do Senhor, horrendo, com furor e ira ardente, para pôr a terra em assolação, e dela destruir os pecadoresPorque as estrelas dos céus e as suas constelações não darão a sua luz; o sol se escurecerá ao nascer, e a lua não resplandecerá com a sua luz. E visitarei sobre o mundo a maldade, e sobre os ímpios a sua iniquidade; e farei cessar a arrogância dos atrevidos, e abaterei a soberba dos tiranos. Farei que o homem seja mais precioso do que o ouro puro, e mais raro do que o ouro fino de Ofir.”

Se você desistiu, Deus não vai desistir / Ele está aqui pra te levantar se o mundo te fizer cair

 O que você disse? What did you say? Was sagen? Que dire? 

II Cr 15:1-4: 

“Então veio o Espírito de Deus sobre Azarias, filho de Odede. E saiu ao encontro de Asa, e disse-lhe: Ouvi-me, Asa, e todo o Judá e Benjamim: O Senhor está convosco, enquanto vós estais com ele, e, se o buscardes, o achareis; porém, se o deixardes, vos deixaráE Israel esteve por muitos dias sem o verdadeiro Deus, e sem sacerdote que o ensinasse, e sem lei. Mas quando na sua angústia voltaram para o Senhor Deus de Israel, e o buscaram, o acharam.

Se quiserdes, ouçam o que vos diz a bíblia sagrada, não eu.

Deixai de cantar auto justificação aos pecados, confessai ao Senhor e buscai-o, pois, assim, o acharão. Do contrário, continuareis cantando músicas feitas por cegos iguais aos que Isaías profetizou, os quais “não sabem ler o Livro”.

Haga de Haroldo

F. Haroldo de Sousa – Procurando ser achado Servo de Deus, Estudante das Escrituras, Coordenador e Professor da Escola Bíblica Dominical, Orientador no Curso de Teologia do IBE, Evangelista, Leitor dos Pensadores Clássicos e Contemporâneos,  Advogado, Pós-graduando em Filosofia. 

Ps: Por mais “escandaloso” que possa parecer a alguns, há músicas que não tem nenhuma pretensão de ser intitulada cristã (chamamos de música do mundo) , mas que não “atentam” contra a palavra de Deus.

Anúncios

6 pensamentos sobre “Pequena Reflexão Sobre a Música Raridade

  1. Sei lá eu creio q não é bem assim. A letra do hino é linda e edificante. Porém tem sempre pessoas q usam palavras pra poder distorcer as coisas…
    Não vejo nada de errado neste hino pois ele não é apologia a nada somente faz comparações para q as pessoas possam entender melhor. Mas o mundo do mímimi hj tudo é pecado tudo é escândalo. Muita das vezes aqueles q mais criticam são aqueles q tem a vida mais longe do altar de Deus e mantém somente aparência. Isso é somente o q eu acho única e exclusivamente minha opinião

    Curtir

    • A paz do Senhor Richard.

      Em primeiro lugar, gostaria de parabenizá-lo pela iniciativa de manisfestar seu pensamento, quando discorda de algo. Algumas dezenas de irmãos que pensam como você já leram esse texto e não tiveram coragem de defender o que acreditam.

      No mais, o texto faz uma análise de cada frase do hino e cita uma passagem bíblica que a música contraria.

      Como cristãos, devemos ter a bíblia como “medidor” da verdade. Então, mesmo elogiando-o pela participação quero dizer que uma boa crítica seria feita se você lesse os textos bíblicos e explicasse que o hino não o está contrariando.

      E quanto a vida longe ou perto do altar, tenho testemunho de vida no altar de Deus, até aqui sustentada por Ele em sua infinita graça e misericórdia.
      e qualquer um quanto a contrariarem as escrituras.

      É por isso que tenho autoridade (até aqui) para criticar qualquer coisa. Nunca tive “rabo preso” com ninguém, pois tudo que adquiri e sou (na vida secular e no reino de Deus) foi por mérito advindo da graça divina, nunca por bajulação e sem nenhuma negociata, tudo que comprei paguei, tudo o que disse sustentei até mesmo com prejuízo meu.

      Mas, mais uma vez parabéns pela iniciativa e entenda que “eu não manifesto minha opinião”, analiso segundo as escrituras e gostaria muito de ver todos os cristãos fazendo o mesmo. Por isso eu espero sempre que a crítica venha da análise da palavra, esclarecendo meu entendimento equivocado, quando for o caso.

      Curtir

  2. Quero felicita-lo pela tua iniciativa, proém , se relamente é diretor de um Instituto bíblico, sebe que existe uma ciencia que norteia qualquer interpretação. Por que muitos citam o que ” Paulo” diz? Não é a palavra que devemos obedecer? ……das muitas interpretações equivocadas de teu ponto de vista cito esta onde escreve-se: ” você é preciso, mais raro do que o ouro” seu texto citado realmente se aplica? verifique melhor se nas ESCRITURAS algum texto me da base pra dizer que ouro e prata são coisas corruptiveis e qeu o SANGUE de JESUS e não de ”paulo” elevou o valor da alma humana. Ja leu que fomos comprados? Ja leu nas ESCRITURAS que Ele comprou pra si homens de todas as tribos, linguas, nações……..? -mais não é ”paulo” que diz!……..vou tentar te ajudar.Não estou defendendo a musica!!! ……lembra-se do Apostolo Pedro?………negou a Jesus, certo? isto é, ele mentiu. Mentira é pecado. Mais ANTES deste e de outros PECADOS, JESUS o escolheu, ja leu,né? minha pergunta é, as mentiras que Pedro proferiu na noite da prisão do mestre mudaram o início? Pedro teve o seu passado mudado por conta do pecado que cometeu? não. Derrepente é isto que o autor da letr esta tentando expressar, pois me parece que a musica é uma mensagem ao desviado/afastado e não ao crente. Não sei como te ensinam as ESCRITURAS mais é plenamente compreensível que alguem que um dia tenha cido escolhido por Deus para uma obra específica, e no meio do caminho tenha errrado e cometido algum pecado que se arrependendo seja reestabelecido a presença do Senhor. Querido perdão é quando alguem arrependido confessa os atos, Deus pelo sangue da cruz esquece-se destes mais mantem as promessas que fez!

    Tenha Paz!

    Curtir

    • Inicialmente, obrigado pela interação.

      Obs.: Salvo engano, não afirmo em momento algum ser “diretor de instituto bíblico”.

      Uma das grandes dificuldades dos brasileiros é interpretar textos. E, de fato, você não entendeu o meu.

      Em momento nenhum estou negando a grande misericórdia e amor de Deus em restaurar qualquer que se arrepende.

      Usar Pedro, antes de receber o Espírito Santo, como referencial cristão me parece não ser coerente.

      Sei o quanto ele perdoa. Se não fora isso, já não estaria no caminho.

      Também, não entendi sua referência a ouro e prata em oposição ao sangue de Jesus.

      O que estou dizendo, no texto, é que a música diz “você é precioso. Mais raro que o ouro de Ofir”.

      E eu faço a afirmação de que o homem que a bíblia diz que será mais raro que o ouro de Ofir, será um homem judeu que estará na grande tribulação, segundo A ESCRITURA (Is 13:12).

      Não entendi também sua referência a Paulo e Jesus. Ma pareceu que você estaria “subvalorizando” o que é dito por Paulo (Foi o que entendi. Posso estar equivocado).

      Quanto a ESCRITURA que você precisa para dizer que ouro e prata são coisas corruptíveis, pode ler 1 Pe 1:18.

      Um abraço e desculpe ou me esclareça, caso eu esteja entendendo errado o que tentou dizer.

      Curtir

  3. Pingback: Dois homens e Uma Justificação | Bíblia e Atualidades

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s